sábado, 5 de março de 2016

escolher um curso

Escolhe um curso. Escolhe um curso que gostes. Escolhe um curso que tenha saída. Escolhe um curso para o qual tenhas média. Escolhe um curso que vai ditar o teu futuro.
Tantas opções, tantas escolhas, tantas decisões e no final de contas, ninguém sabe aquilo que quer.
Estou no 12 ano e sinto que, por esta altura, já devia ter uma ideia minimamente formada daquilo que quero seguir. Sempre que conheço alguém mais velho ou tenho uma conversa de circunstância a primeira coisa que me perguntam é "Então, já sabe para onde quer ir?". Sempre, não falha. Fico irritada com a pergunta porque a resposta é sempre a mesma, "não, ainda não tenho nada decidido". Já me informei sobre imensos cursos mas nenhum parece chamar-me à atenção. Invejo aquelas pessoas que já sabem desde o 9º ano que querem ver médicos, pilotos, engenheiros e que têm objetivos definidos e motivação para chegar lá.  Apesar de eu sempre me ter esforçado ao máximo para tirar boas notas a verdade é que não sei se vou precisar de um 18,5 ou de um 13 para o curso que quero.
No entanto não estou tão preocupada como devia estar. Quase nenhum dos meus amigos sabe o que quer (com a exceção de um ou outro que sonham desde pequeninos com medicina, eles ou os pais, mas isso já é outra história...) e parecendo que não isso dá-me alguma calma: afinal não sou a única que não sabe para que lado se virar.
Acho que a escolha do curso é uma decisão que carrega uma responsabilidade enorme e por vezes não a fazemos com consciência e na posse de todas as informações. Os meus dois critérios são: tem de ser algo que me motive e que tenha "saída". Tendo em conta que odeio sangue e cortes, estou em ciências e não me vejo fechada num laboratório apenas me restam as engenharias e a gestão de empresas. São dois campos gigantes mas que, de alguma forma, não têm nada que chame por mim.
Gostava de prever o futuro e descobrir qual é o curso no qual vou ser feliz, bem sucedida, com emprego garantido e que vai preencher as minhas aspirações profissionais, mas como isso não vai acontecer o melhor é mesmo ir falando com pessoas que já estejam na faculdade, vasculhar pela internet à procura de recomendações e rezar para que faça a escolha certa.

Como é que foi a vossa experiência? também tinham imensas duvidas ou sempre souberam mais ou menos o caminho que queriam seguir?
© Uma colher de arroz
Maira Gall