terça-feira, 23 de agosto de 2016

HOW TO LOOK EXPENSIVE

O meu estilo já sofreu muitas mutações ao longo dos anos mas neste momento apaixonei-me pelos looks mais clean, minimalistas, discretos e que parecem "caros". Caros no sentido de olhar para o espelho e, sem ver a etiqueta da roupa, pensar que aquele outfit podia ter saído diretamente de uma montra da Guess.
Como a nova coleção já invadiu as lojas e como as tendências para o outono/inverno já estão a fazer as delicias dos mais curiosos, achei que era a altura ideal para partilhar as minhas dicas de como parecer chic, put together, cara, o que lhe quiserem chamar.

NECKLINES
 Se há algo que faz toda a diferença numa camisola é o decote. Para mim, tops com alças fininhas e com decotes subidos são super clássicos e ficam bem a todos os tipos de corpo. Também as famosas golas altas que voltaram agora (há uns aninhos) levam logo o nosso pensamento para lojas de alta costura.


THE WOMEN'S LOVERS
 Ai sapatos...quem não adora? Pois para mim um par de sapatos faz toda a diferença.Os sapatos podem dar ao vosso look a chave dourada ou arruiná-lo por completo. Já me aconteceu imensas vezes ter um 10/10 outfit e depois estrago tudo porque não tenho nenhum calçado que se adeque. Nunca fui muito de comprar sapatos por isso aposto sempre em cores neutras e modelos práticos que sejam versáteis.


STAY AWAY FROM THE RAINBOW
Isto tem a ver com o estilo de cada um, mas para mim, um look com mais de três cores é demasiado. Gosto sempre de ter uma base neutra e depois usar ganga, verde escuro, azul ou bordo para complementar. Além disso, acho que os outifts com poucas cores (e de preferência neutras) dão um ar mais caro e conjugado.


SAY BYE BYE TO THE OLDIES
Livrem se de toda a roupa velha que tiverem em casa. Uma coisa é terem aquele casaco vintage da vossa mãe que agora voltou a estar na moda. Isso é antigo. O que eu quero dizer com “velha” são aquelas peças que já não estão em boas condições Manchas, rasgões, furos. Querem mesmo continuar a abrir o armário e ver essas peças a ocupar espaço?


BAGS!!!
Desde pequenina que sou fã de carteiras e malas. Sempre que ia ao café com os meus pais levava a minha malinha cor de rosa e sentia me uma completa it girl. Hoje continuo a ter a mesma opinião. A mala certa (e não precisa de ser cara porque se encontram imensas alternativas que fazem extamente o mesmo efeito) faz todaaaa a diferença. Para aquelas pessoas que, como eu, ainda não tiveram a oportunidade de transitar para as malas de gente grande e ainda não têm nenhuma à disposição, sugiro comprar uma preta ou castanha para dar com tudo.


MY FAVORITE JEANS
Ok, calças. Aquela peça que toda a gente usa. Sim as calças podem fazer diferença na maneira como nos apresentamos. Para mim, investir num bom par de calças é das melhores coisas que podemos fazer. Não precisamos de muitas, mas precisamos que elas nos assentem bem. Para mim, umas calças de lavagem escura e com uns bolsos decentes na parte de trás dão logo outro ar à coisa.


 THE RIGHT FIT
Acho que a coisa mais importante quando estamos a comprar roupa é certificarmos-nos que nos fica bem. Não adianta de nada que um vestido fique deslumbrante no manequim se a nós nos “agarra” em todos os sítios errados. Uma peça que assente bem vai parecer muito mais cara. Até pode ser da Primark, se a souberem combinar e se vos ficar bem, ninguém vai adivinhar.


RELOGIOS E OUTRAS "BUJIGANGAS"
 Quem nunca estava a scrollar pelo instragram e viu uma foto de um outfit muito básico mas que depois tinha um relógio todo janota que lhe dava logo um ar caríssimo? Não uso quase bijutaria mas sou apaixonada por relógios e acho que eles fazem toda a diferença. Até acrescento mais, tanto em homens como em mulheres, um relógio grita estilo e bom gosto.
Para aqueles que preferem apostar nas jóias também tenho boas noticias: peças delicadas e pequenas são meio caminho andado para o vosso outfit subir de nível. Neste campo, tanto podem optar por investir mais um bocadinho e adquirir algo com mais qualidade como optarem por modelos mais económicos que talvez não durem tanto tempo mas que dão o mesmo efeito.


Isto são algumas das dicas que fui aprendendo com experiência ou que fui lendo e absorvendo mas claro que isto varia muito de pessoa para pessoa, conforme o gosto e o estilo pessoal. Optei por fazer este post nesta altura porque vso queria mostrar que com poucas peças (e muitas delas económicas) podemos renovar o nosso armario e começar de "fresco" o novo ano letivo.
© Uma colher de arroz
Maira Gall