terça-feira, 21 de outubro de 2014

Como fazer uma BOA APRESENTAÇÃO ORAL

Apresentação oral = medo, terror, pânico, tonturas...
As apresentações orais são algo que a partir do secundário se tornam muito mais frequentes, o que até faz sentido já que nos estão a preparar para a universidade onde temos de fazer inúmeras apresentações. Admito que podem ser bastante intimidantes já que nos estamos a expor à turma inteira de uma maneira que não estamos habituados. De cada vez que  um professor pedia uma apresentação oral eu entrava em pânico porque  tinha muita vergonha de falar em público, mas com o passar do tempo e com dicas que me foram dando, posso dizer que hoje consigo fazer uma apresentação sem problemas e muitas vezes com bons resultados.



Em primeiro lugar tens de escolher um tema. Se o professor dá um tema obrigatório, óptimo porque já não tens de te preocupar com isso, mas em alguns casos o trabalho é livre. Escolhe um tema atual, que cative as pessoas e mais importante: que tu gostes e te interesse. É  muito mais fácil falar durante 10 minutos sobre algo que realmente estejas interessado e o professor vai dar conta que estás por dentro do assunto. Podes falar sobre as tuas séries favoritas, problemas ambientais que te preocupem, projetos que te interessem, atividades que pratiques, um escritor/compositor que gostes...

Depois vem a  pesquisa e tratamento de dados. Por muito que saibas sobre um determinado tema convém sempre fazer uma pesquisa extra para ficares MESMO dentro do assunto: muitas  vezes os professores fazem perguntas sobre a apresentação e farias uma péssima figura se não soubesses responder.

O objetivo de uma apresentação oral é FALAR, por isso evita ao máximo decorar textos ou ler as informações de um papel ou de um powerpoint (não há nada pior do que ler durante uma apresentação).
Por  falar em powerpoint...Caso optes por incluir esta forma de apresentação no teu trabalho (excelente ideia btw) não te esqueças que menos é mais. Põe fotos alusivas ao tema e até algumas palavras chaves mas NUNCA coloques textos longos e com demasiada informação. Com isto vais ter más criticas do professor e vais aborrecer a tua audiência.


Saber falar. Esta qualidade é a chave uma para apresentação oral com sucesso. Tenta falar pausadamente e com calma (são duas das coisas que ainda tenho de trabalhar) e projeta a voz! É irritante quando nem sequer conseguimos ouvir o que a pessoa está a dizer, por isso falaum pouco mais alto do que o normal para que as palavras cheguem ao fundo da sala e levantem a cabeça, encarando o vosso publico de frente. Escusado será dizer que devem manter uma postura correta, sem se apoiarem na secretaria, porem as mãos nos bolsos ou encostarem-se ao quadro. Falem com entusiasmo e tenham confiança naquilo que estão a defender.



Tentem minimizar os nervos miudinhos. É IMPOSSÍVEL não ficar nervoso numa situação destas e pensem que todos os outros alunos estão na mesma posição que vocês. Toda gente está nervosa e receosa e só precisam de se lembrarem disso quando subirem ao palco. Além disso, se correr mal, o pior que pode acontecer é terem uma nota menos boa.


Isto são apenas algumas das dicas que fui recolhendo ao longo da minha curta experiência a fazer apresentações e que realmente resultam. Tentem lembrar-se delas na hora da vossa apresentação e tudo correrá bem. Vocês também têm medo de falar em público? Ou pelo contrário sentem-se completamante à vontade?
© Uma colher de arroz
Maira Gall