segunda-feira, 14 de julho de 2014

Summer Reads

É durante o verão que dedico mais tempo à leitura. Adoro estar na praia a relaxar e simplesmente ler um bom livro. Ter hábitos de leitura é bom porque, além de ser uma maneira produtiva de passar o tempo, vai inevitavelmente aumentar o vosso conhecimento o que, será extremamente bem vindo no regresso às aulas.
Ler não deveria ser uma obrigação mas sim algo que fazemos por prazer, por isso, é essencial escolher livros que nos interessem e que estejam de acordo com os nossos gostos e preferências. 
Quanto a mim já tenho uma boa quantidade que livros que quero ler até ao fim do verão: (alguns destes livros já li, outros comecei à pouco tempo e alguns ainda são um  completo mistério)



1. "As Luzes de Setembro", Carlos Ruiz Zafón
Durante o verão de 1937, Simone Sauvelle fica viúva e vê-se obrigada a abandonar Paris com os seus dois filhos, Irene e Dorian, mudando-se para uma aldeia no litoral da Normandia onde consegue arranjar trabalho como governanta na mansão Cravenmoore pertencente um misterioso fabricante de brinquedos, de seu nome Lazarus Jann, e à sua esposa doente. Lazarus demostra ser um homem agradável e culto que desde logo conquista a simpatia da família Sauvelle. Os filhos ficam encantados com os seres mecânicos que o fabricante cria: objetos dotados de um realismo sobrenatural que lhes dá uma aura de vida própria. A mãe e os três filhos rapidamente se adaptam à vida em Baía Azul e Irene conhece um rapaz, Ismael, por quem rapidamente se apaixona e com o qual viverá a maior aventura da sua vida. Tudo parece estar calmo até  que acontecimentos macabros e estranhas aparições perturbam a harmonia em Cravenmoore. Os morados falam de um mostro horrendo que assombra a aldeia. Irene e Ismael desvendam o segredo da espectacular mansão repleta de seres mecânicos e sombras do passado. Juntos enfrentam o medo e investigam estranhas luzes que brilham através da névoa. À uma criatura que assombra aquele bosque de Cravenmoore, uma criatura de pesadelo que se esconde nas profundezas da floresta. Em "As Luzes de Setembro", aquele verão "mágico" na Baía azul será para sempre a maior aventura destas personagens num labirinto de amor, luzes e sombras.


Tipo: romance, triller
Classificação: ****


2. "Insurgente", Verónica Roth
Insurgente é o segundo livro da trilogia lançada pela escritora. O livro começa exactamente onde o anterior termina e por isso recomendava ler o primeiro (Divergente) antes de iniciar esta aventura.
Durante todo o livro, Tris, a personagem principal, trava uma batalha emocional consigo própria: o setor dos abnegados foi atacado, os seus pais forma mortos ao tentar ajudá-la, ela mesma matou Will, um dos seus melhores amigos e não sabe como lidar com a perda.... Tudo isto faz com que este "capitulo" na vida desta adolescente seja confuso e cheio de perguntas. O livro é cheio de ação e nunca fica monótono: ao mesmo tempo que obtemos a resposta a um enigma, um outro problema urge, o que dá sempre um novo objetivo às personagens. O enredo gira à volta da busca da verdade e daquilo que os eruditos escondem com tanto cuidado. As fações estão destruídas e uma nova era está prestes a começar. A relação entre Tris e Tobias fica bastante frágil, mas mesmo assim eles enfrentam os problemas juntos e, eventualmente, conseguem superá-los.A narrativa deliciosa da Veronica Roth tem riscos, momentos de tensão e algumas lágrimas o que o torna um livro viciante e imprevisível.


Tipo: ação, aventura
Classificação: ****

3. "A vida de Pi", Yann Martel
O livro conta a história de Pi Patel, um rapaz de dessaseis anos, que sobrevive a um naufrágio no meio do oceano Pacífico. A obra está divida em três partes: a 1º parte do livro conta-nos a vida de Pi antes do naufrágio, e os temas principais são a religião e o jardim zoológico onde o pai trabalha. A 2º parte foca-se no tempo em que Pi esteve a  bordo do salva-vidas e na ilha. O autor foca bem a sobrevivência em condições adversas. O desespero, a fome, a solidão e a força de vontade são muito bem caracterizadas nesta parte do livro. É de realçar que Pi se encontra no barco salva-vidas com animais selvagens, nomeadamente um tigre Bengala que insiste em marcar o seu território e não dá ao adolescente muito espaço de manobra. A 3º e última parte do livro conta-nos o que aconteceu a Pi depois de ter conseguido chegar a terra firme. O final deixa-nos um pouco confusos e ficamos com duvidas se a historia contada pelo narrador é de facto verdadeira ou não.

Tipo: aventura
Classificação: *****


4. "Á procura de Alaska", John Green
Mais um livro do brilhante autor John Green. A história é sobre um jovem, Miles Halter, que decide ir para um colégio interno para escapar à sua antiga escola onde não tinha muitos amigos. Nesta nova "casa" conhece o comandante, Takumi e Alaska e desde logo se nota uma certa fixação que tem por esta ultima rapariga.. Alaska é bonita, pecuilar, divertida, extrovertida, inteligente e adora livros. Miles não podia estar mais apaixonado por ela, mas, quando a tragédia lhe bate à porta, Miles descobre o verdadeiro valor e a dor de viver e amar de modo incondicional
Tipo: romance
Classificação: ****

5. "Os dias encantados de Shirley", Elisabetta Gnone
É mais um livro da coleção "Fairy Oak" e devo admitir que está indicado para um público mais jovem mas mesmo assim quero dar-lhe uma oportunidade e ver o que tem para oferecer.
Durante a Privamera, Shirley Poppy, uma poderosa feiticeira, descobre um misterioso livro de receitas que tem tudo menos ovos e farinha. Este livro esconde feitiços e o Segredo do Bosque. Decidida a descobrir do que se trata, Shirley envolve as gémeas Baunilha e Pervinca numa série de mirabolantes aventuras. Será perigoso, e elas sabem-no, mas o que r

Tipo: aventura
Classificação: ***
© Uma colher de arroz
Maira Gall