quarta-feira, 24 de junho de 2015

Dão-me ataques quando leio o meu diário de à 4 anos #2

19-03-2012
(Dia do pai)

"Olá!  Hoje o dia pareceu um sonho. Falei com o JC em quase todas as aulas: em fisico-química ele pediu me uma folha do caderno e eu só depois de muito tempo é que lha dei, depois o R pediu-me uma e eu dei-lha logo e o JC disse "Fogo, que rápido, eu tive de estar aí meia hora e a ele das-lhe logo." - disse isto com uma cara muito engraçada que me fez rir.
Em ciências estivemos a falar sobre o teste que tinhamos recebido e tirámos os dois 92%.
E finalmente a última e mais surpreendente aula do dia: geografia. Foi o teste por isso, antes da setora chegar, colocamo-nos nos lugares para fazer o teste (espalhámo-nos pela sala). Eu fiquei no mesmo sitio e o JC foi para o pé do JM que estava a minha frente. O JM mandou o rapaz embora e depois de muito insistir ele lá se foi, mas veio-se sentar ao pé de mim. Eu mandei-o embora (obvm que não ia mostrar que queria que ele ficasse) mas ele ficou. A setora chegou, fizemos o teste e quando estava prestes a tocar, descubro que ainda me faltava fazer uma pergunta. Tocou! Estava a tentar fazer o mais rápido possível e foi então que o JC passou e perguntou "ainda não acabaste?". Eu disse-lhe que não e ele foi arrumar as coisas dele.
Já quase toda a gente se tinha ido embora e eu estava mesmo a acabar e ele veio ter comigo. Acabei o teste, entreguei e depois saí da sala a falar com ele sobre o teste. Ele esperou por mim :')
À noite, como era dia do pai, escrevi-lhe uma carta e dei-lhe muitos beijinhos."

Podemos destacar o facto de ser dia do pai e ter escrito apenas uma linha sobre isso?? Viam-se mesmo quais eram as minhas prioridades......



© Uma colher de arroz
Maira Gall